Motivação no trabalho: 10 dicas para engajar os colaboradores

Se a sua empresa utiliza e investe pesado em diversas estratégias de marketing para conquistar e fidelizar clientes, ela tem feito o mesmo com os funcionários? Manter um alto nível de motivação no trabalho é fundamental para engajar os colaboradores com os objetivos da companhia. Vale ressaltar que isso não é sobre endomarketing, apesar de ele ser um processo importante para incentivar as equipes.

É tudo uma questão de ganho de produtividade e mais uma vez se torna válida a comparação com os clientes. Quando as ações de marketing agregam valor suficiente, o público cumprirá o seu papel de consumidor e adquirirá sua oferta, ou seja, comprará a sua ideia. Se a função do colaborador é entregar o melhor desempenho em sua função, ele também necessita de gatilhos que ativem sua vontade produzir.

Conheça 10 dicas que podem fazer toda a diferença na motivação no trabalho dos seus colaboradores. Confira!

1 – Repasse feedbacks

Se você não tiver contato com todos ou a maioria dos seus funcionários, alerte para os líderes e gerentes de setor sobre a importância de se comunicar frequentemente com suas equipes. O colaborador não deve se sentir ignorado pela empresa, é de extrema relevância que ele saiba se o que está fazendo tem gerado bons resultados ou não.

É uma forma de demonstrar atenção ao trabalho do funcionário e fazer com que ele mesmo aperfeiçoe seus métodos.

2 – Elogie publicamente

Quando os feedbacks são positivos, os elogios podem ser feitos diante dos colegas de trabalho. Assim, você prestigiará os bons serviços feitos pelo funcionário e ainda poderá inspirar outros colaboradores.

É importante lembrar que em caso de críticas, elas devem ser passadas ao funcionário reservadamente, a fim de evitar qualquer tipo de constrangimento.

3 – Peça a participação dos colaboradores em processos decisórios

Quando alguma decisão que envolve direta ou indiretamente os trabalhos da empresa está para ser tomada, é recomendável envolver os funcionários nesse processo. A depender do tamanho da organização podem ser selecionados líderes para representar os colaboradores e, assim, levarem as ideias propostas pelas equipes.

Você pode contar com a opinião de seus colaboradores também para alguns processos que envolvem os clientes. Muitas vezes, uma ideia genial ou um insight valioso surge de onde menos se espera.

4 – Convide-os para treinamentos

Muitas vezes os colaboradores necessitam de investimento em cursos e treinamentos que atualizem e aprimorem seus processos de trabalho. A desmotivação pode surgir justamente pela falta de mais estudos, de agregar conhecimento. Funcionários que deixam de se capacitar são menos engajados e produzem menos tecnicamente.

Você pode enviá-los em viagens (pode funcionar melhor dependendo do evento e da cidade) ou trazerem os cursos para dentro da empresa.

5 – Esteja disponível

Muitas vezes os funcionários têm sugestões ou críticas importantes a fazer, mas preferem fazer isso de forma mais reservada. Logo, é relevante se mostrar aberto a ouvir o que eles têm a dizer e ponderar seus pedidos. É uma maneira de manter-se próximo dos colaboradores, criando um relacionamento com mais confiança, profissionalismo e, principalmente, empatia.

6 – Crie outros canais de contato entre os colaboradores

Otimizar a comunicação interna é muito importante para que setores afastados fisicamente ou por questões de trabalho possam trocar mais informações. Funcionários que dependem de outras equipes para validar seus trabalhos podem necessitar de feedbacks imediatos. Esse processo pode ser implantado para acelerar as conversas entre colaboradores e seus superiores.

Uma ferramenta de comunicação interna pode contribuir para que a relação entre diferentes setores seja melhorada e, assim, contribuir para a produtividade de ambos.

7 – Promova a interação entre as equipes

Outro fator que contribui com a desmotivação no trabalho é o isolamento entre os funcionários. Quando esse problema é identificado, uma boa saída é realizar pequenas ações para contribuir para que eles troquem ideias, informações e se conheçam sem necessariamente falar sobre o trabalho.

Um café, um almoço ou happy hour com a participação e o incentivo de alguns líderes ou gerentes podem ajudar a criar um clima menos engessado no ambiente de trabalho. Essas pequenas ações podem servir para celebrar e compartilhar bons resultados e conquistas da empresa.

8 – Torne o ambiente mais confortável para os funcionários

Aqui estamos nos referindo mais a estrutura e algumas normas da empresa. Confira se seus funcionários têm alguma queixa em relação à segurança dos processos de trabalho, à iluminação do ambiente, à circulação de ar, ao calor, se existe um espaço para fumar sem incomodar os não-fumantes, ao uso de roupas mais leves em dias mais quentes, se as cadeiras são confortáveis ou se os dispositivos (notebooks, smartphones, etc.) possuem bom desempenho.

Enfim, qualquer elemento estrutural a nível individual ou público (compartilhado entre os colaboradores) que interfira na produtividade interna.

9 – Estipule metas realistas

Funcionários que trabalham com metas precisam ser submetidos a propósitos alcançáveis e que ele mesmo possa se autoavaliar em tempo real. É preciso ter cautela e se reunir com os gerentes de outros setores para definir indicadores nem muito baixos (para evitar acomodação) e nem muito altos (para não provocar desânimo).

Por isso a importância de analisar individualmente cada colaborador e identificar os perfis. Na sua empresa poderá haver os que assumem mais riscos e os mais conservadores. As metas podem ser trabalhadas tanto através de parâmetros comportamentais ou psicológicos dos funcionários.

10 – Ofereça premiações memoráveis

Prêmios são artifícios que dificilmente deixarão de funcionar para aumentar a motivação no trabalho. Para isso, vale a mesma dica dada anteriormente, sobre conhecer os funcionários e entender que tipo de premiação os instigariam a produzir mais que o habitual.

O quadro Chefe Secreto, exibido no programa Fantástico, da Rede Globo, mostrou na prática a importância de vivenciar um pouco da realidade dos trabalhadores e compreender o que os motivariam a continuarem se dedicando.

Logo, não foque apenas em comissões. Se não for possível realizar grandes sonhos de seus colaboradores, como o que ocorreu no Chefe Secreto, você pode oferecer benefícios mais simples, mas que podem ser memoráveis para o seu funcionário.

Ex.: um par de ingressos para o filme que ele estava esperando para assistir, um livro do tipo preferencial dele ou uma viagem para um local que sempre se mostrou disposto a ir.

Seja referência e aumente a motivação no trabalho

Os exemplos para que os colaboradores se engajem mais com a empresa devem vir de todos os lados. Desde superiores que reconheçam a importância dos papéis exercidos pelos funcionários, passando pelos colegas de trabalho que prezam pela união da equipe até chegar no tratamento e a preocupação em oferecer as melhores experiências para o consumidor.

Os funcionários precisam se sentir parte relevante do time assim como os clientes se sentem valorizados pela qualidade dos produtos e dos serviços prestados.

Agora gostaríamos de ter a sua participação. O que você acredita que poderia entrar nessa lista de dicas para crescer a motivação no trabalho? Compartilhe suas ideias através do espaço para comentários!