Você sabe qual a importância dos Recursos Humanos para a comunicação interna da empresa?

Muito se fala sobre recursos humanos e comunicação interna, separadamente. Mas você sabia que estas áreas podem – e devem – caminhar de mãos dadas? A princípio pode parecer estranho reunir ambas num mesmo pensamento, mas a relação existe e é mais próxima do que você imagina.

Os departamentos de Recursos Humanos e de comunicação interna tratam do relacionamento entre o colaborador (efetivo, terceirizado ou estagiário) e a empresa. As ações de uma ajudam na obtenção de resultados da outra. Em muitas organizações é o Recursos Humanos que comanda o processo de comunicação interna, como uma de suas subáreas, traçando as estratégias que serão colocadas em prática.

Portanto, vamos analisar o papel de cada uma e entender onde existem relações produtivas passíveis de serem implementadas em sua empresa.

O papel do departamento de Recursos Humanos (RH)

RH é muito mais do que admitir e demitir. A área de recursos humanos é responsável pelos assuntos ligados à gestão de pessoas. Ela participa da construção e implementação das estratégias corporativas e da política institucional da empresa, seja através de ações de desenvolvimento e qualificação de pessoal, planejamento de força de trabalho, gestão estratégica e de risco ou de relações trabalhistas. Ou seja, o profissional de Recursos Humanos é um consultor interno a serviço dos gestores e diretores.

O papel da comunicação interna

Assim como o Recursos Humanos, a comunicação interna tem sua função específica. Ela abrange todos os assuntos que influenciam o cotidiano do ambiente de trabalho e a relação entre o colaborador e empresa.

Através deste relacionamento é realizada sua função estratégica: a difusão da visão, missão e valores corporativos. A comunicação interna eficaz também amplia e harmoniza o diálogo, além de integrar equipes, valorizando o conhecimento e fomentando a produtividade.

A importância do RH para a comunicação interna

Todos nós precisamos de motivações, razões para acordar, enfrentar o trânsito, chegar no trabalho e exercer nossas funções. É papel da gestão de pessoas descobrir o que é necessário para valorizar, treinar e aperfeiçoar seus colaboradores. Um profissional motivado trabalha mais feliz e com mais determinação. Portanto, estipular metas e premiar as conquistas do time é uma maneira de fazer com que os funcionários se interessem mais pelo serviço.

Se a comunicação interna visa mostrar aos colaboradores que a empresa é o melhor lugar para se trabalhar, o setor de recursos humanos deve ser o responsável por colocar isso em prática, através de planos de carreira e benefícios, promoções e um ambiente de trabalho agradável e produtivo.

A importância da comunicação interna para o RH

Gestão é uma via de mão dupla. Devemos sempre analisar o relacionamento entre as áreas para um ambiente produtivo e harmonioso. De nada adiantam ações, planos e projetos se a comunicação for falha ou inexistente. O papel da comunicação interna é informar a todos os funcionários sobre assuntos relevantes para a organização, criando assim consciência e identidade coletiva.

Essa atitude facilita a unificação de processos e o entendimento dos colaboradores acerca das práticas da empresa, o que faz com que o trabalho de Recursos Humanos seja muito mais fácil. Com procedimentos bem estruturados e harmonia entre o staff, os conflitos diminuem e o rendimento pessoal aumenta.

Você já havia parado para pensar na interdependência  entre esses dois setores? Sua empresa já tem políticas de comunicação interna para melhorar o relacionamento  entre os colaboradores? Como o Recursos Humanos influencia o processo? Compartilhe sua experiência conosco através dos comentários!