3 formas de adotar ações de motivação pessoal

Assim como as equipes da sua empresa precisam ser motivadas para estarem em constante crescimento e desenvolvimento, os funcionários também precisam ser motivados, de maneira individual, para se sentirem satisfeitos no ambiente de trabalho e permanecerem focados em dar o melhor de si para contribuir com o sucesso da empresa. Para isso, algumas atitudes podem ser tomadas pelo gestor, em conjunto com o departamento de Relações Públicas (RH) e o setor de Comunicação Interna.

Para te ajudar a saber quais atitudes são essas é que elaboramos o post de hoje. Nele você vai descobrir algumas práticas muito interessantes para adotar ações de motivação pessoal com os seus funcionários! Continue acompanhando e confira!

Trabalhe com planos de carreira

Um dos métodos mais eficientes para trabalhar a motivação pessoal dos colaboradores na empresa é trabalhando com planos de carreira. Essa alternativa, que faz com que o RH esteja constantemente acompanhando a evolução do profissional, dialogando sobre onde ele quer chegar e que posição ele pretende ocupar na organização, faz com que cada colaborador esteja cada vez mais empenhado em crescer, aprender e aumentar a produtividade.

Ofereça essa alternativa na sua empresa, mostre aos funcionários que vocês podem — e devem! — crescer juntos: tanto a empresa quanto o profissional.

Ofereça bonificações

Que tal oferecer benefícios como participação nos lucros para os profissionais da sua empresa? Se você trabalha em um negócio de vendas, por exemplo, a alternativa pode ser o comissionamento de funcionários. Quando os profissionais têm esse tipo de benefício, eles jamais se deixarão cair na monotonia e buscarão, cada vez mais, aumentar a produtividade.

Outros benefícios como ofertar bolsas de estudo para os filhos dos funcionários, também são iniciativas que engajarão os seus colaboradores, fazendo com que eles fiquem motivados cada vez mais em trabalhar na sua empresa.

Possibilite políticas flexíveis

É notável que, para um funcionário ter que cumprir a obrigação de trabalhar todos os dias em um horário fechado — de 8h às 18h, por exemplo  — é algo muito estressante. Diante disso, se for possível, que tal implantar uma política mais flexível na sua empresa?

Horários flexíveis e opções de home office são apenas algumas das práticas que você pode adotar para dar um pouco mais de liberdade aos seus funcionários, mas sem deixar que eles diminuam a produtividade. Inclusive, é bem provável que ocorra o contrário e eles passem a produzir ainda mais do que antes, afinal de contas, não terão mais aquela preocupação quando estiverem presos no trânsito ou quando surgir algum imprevisto que os faça precisar chegar mais tarde ao trabalho. Liberdade para trabalhar e conforto são fatores que pesam muito no dia a dia de uma pessoa, não é mesmo?

Com essas medidas, os seus colaboradores se sentirão confortáveis fazendo parte da sua empresa e, com isso, estarão mais motivados e empenhados a ser cada vez mais produtivos. Vale a pena fazer o teste! E não deixe de voltar aqui e contar os resultados para nós! Se você ficou com alguma dúvida escreva no espaço de comentários!