Você está no emprego certo?

Você passa muitas horas ocupado com o trabalho, cheio de tarefas para cumprir e problemas para resolver e, certamente nem tem tempo para questionar a si mesmo se você está no emprego certo. Esse é o seu caso?

Pois saiba que o fato de não analisar o caminho que a sua carreira profissional está seguindo pode não significar que você está no emprego certo. É sempre bom refletir sobre onde você está hoje e onde pretende estar amanhã. Com base nessa reflexão é que elaboramos o artigo de hoje. Será que você está no emprego certo? Responda a essas perguntas abaixo e descubra!

Qual a sua animação ao acordar para trabalhar?

É claro que é bastante normal acordarmos com aquela vontade de ficar um pouco mais na cama e esquecer das responsabilidades. Porém tudo tem um limite. Você acorda com essa preguiça natural ou desperta todos os dias cheio de frustração por ter que ir trabalhar? Caso a sua resposta seja a segunda opção, então é sinal de que alguma coisa pode estar errada.

Reflita sobre o seu emprego, sobre a sua rotina e pese as coisas. O seu trabalho é que está te deixando frustrado? Se a resposta for sim, isso quer dizer que chegou a hora de mudar. Comece a buscar outras áreas, ou até mesmo outras funções.

Talvez uma relocação dentro da própria empresa possa ser a solução. Nada que uma boa conversa não seja capaz de resolver, não é mesmo? E se não for, parta para a busca de um emprego novo!

Você consegue guardar dinheiro ao final do mês?

Essa pergunta merece atenção especial e não pode ser mal interpretada. Quando chega o final do mês, você consegue pagar as suas contas, ter momentos de lazer e, ainda assim, guardar um pouco dinheiro?

Se a resposta for não, ou pior, se o seu salário não está dando nem para pagar as contas mensais, então pare e pense: o dinheiro é que está curto ou é você que anda gastando mais do que o necessário?

Se o seu caso for a primeira opção, mais uma vez será necessário conversar com o seu recrutador e explicar a situação. Mostre que você tem trabalhado de forma eficiente, que está ajudando a empresa a crescer e que acha que merece um reajuste.

Mas atenção: seja delicado e não se mostre prepotente. Se, ainda assim, a situação continuar como está, é sinal de que chegou a hora de procurar por oportunidades melhores.

Você tem se dedicado para cumprir suas tarefas?

Ao terminar o seu dia de trabalho, você consegue cumprir todas as tarefas que estavam propostas? Entenda que ter que deixar algo para o dia seguinte uma vez ou outra é normal, mas se isso já virou rotina no seu trabalho, será preciso rever algumas questões.

A demanda de trabalho que você recebe é maior do que você consegue fazer? Você está se dedicando para realizar tudo com qualidade?

Se o problema for com a demanda, talvez a solução seja aumentar a equipe. Porém se o problema for com a sua dedicação será necessário refletir mais uma vez: por que você não tem dedicado? Você se sente insatisfeito com o seu trabalho? Essa é a posição que você sempre quis para si?

Pense a respeito e, se for necessário, mude! O que não dá é para ficar ocupando uma posição que não te faz feliz. Não é justo nem com você e nem com o seu empregador, não é mesmo?

Você tem crescido no seu emprego atual?

Essa pergunta também é muito importante, afinal, qualquer pessoa precisa e merece estar em constante crescimento, tanto na vida pessoal, quanto na vida profissional. Portanto, questione-se: você tem subido de cargo, ou, pelo menos, aprendido habilidades novas? Ou está estagnado há tempos no mesmo lugar, sentindo que apenas repete o mesmo trabalho todos os dias?

Se este último for o seu caso, não pense duas vezes: mude! Busque fazer cursos, desenvolver habilidades que você ainda não possui e, com isso, crescer profissionalmente. E se nada disso resolver, buscar um emprego novo pode ser a solução!

E então, como você respondeu a essas perguntas? Você está no emprego certo ou chegou a hora de mudar? Compartilhe com a gente através dos comentários!