6 dicas para incentivar o trabalho em equipe na empresa

No mundo contemporâneo em que vivemos, os processos de produção tendem a ser mais detalhados e complexos. Diante da exigência de habilidades e conhecimentos cada vez mais específicos, é difícil (e pouco recomendado) que uma pessoa dê conta de um trabalho inteiro sozinha, passando por todas as áreas que sua execução envolve do início ao fim. Por essa razão, muitas empresas têm apostado no trabalho em equipe, na intenção de combinar talentos para gerar algo mais do que cada indivíduo separadamente é capaz de fazer.

Confira 6 dicas para incentivar o trabalho em equipe e por que isso pode fazer a diferença para sua empresa:

1)  Some habilidades distintas

Em um time cada jogador possui uma habilidade diferente, mas todos jogam com o objetivo de tornar seu grupo campeão. Assim deve ser o trabalho em equipe. De acordo com o trabalho a ser desempenhado, o grupo deve somar competências, que, em geral, sejam complementares. Ainda que cada um possua sua tarefa dentro da equipe, todos atuam em benefício do trabalho coletivo, suprindo as necessidades uns dos outros e alcançando resultados mais completos.

2) Distribuir papéis

Além de competências adquiridas, cada profissional tem um perfil e uma forma de se relacionar com as pessoas. Essas características também devem ser consideradas no momento de distribuir as tarefas em uma equipe. Pessoas mais comunicativas, em geral, lidam bem com o público, as criativas e inovadoras podem ser úteis para encontrar soluções, as mais concentradas tendem a desenvolver bem trabalhos detalhados com menos chance de errar, e por aí vai.

Vale ressaltar que o líder deve, ainda, identificar se a equipe necessita de treinamento, que pode ser o ponto de partida para a formação do grupo funcionar como processo de reciclagem ou até mesmo ser utilizado para abordagens técnicas específicas voltadas a algum tipo de trabalho especial.

Em todo caso, é fundamental que todos os integrantes tenham total clareza sobre qual o seu papel no grupo, bem como quais são os objetivos comuns, as metas e os valores compartilhados. Também é importante que cada um saiba como sua tarefa afeta as dos demais, de modo que todos possam caminhar na mesma direção e de maneira cooperativa, com foco no objetivo final. Assim, é mais fácil conseguir comprometimento da equipe e resultados mais rápidos.

3) Valorize atitudes em grupo

Mesmo respeitando e estando atento às individualidades de quem compõe uma equipe, é importante valorizar mais o desempenho do grupo do que o desempenho pessoal. Isso vem a partir do reconhecimento dos esforços e dos resultados de todos. Aliás, para uma equipe funcionar de verdade, é imprescindível que seu trabalho coletivo dê resultado e seja plenamente identificado e valorizado. Desse modo, conta-se com o fator motivacional, fortalecendo o chamado “espírito de equipe”, responsável por tornar o ambiente de trabalho agradável e aumentar a produtividade. Uma equipe motivada vai longe!

4) Feedbacks

O retorno do líder em relação ao trabalho desenvolvido em equipe é vital para o seu desempenho. À liderança cabe avaliar e monitorar o andamento das atividades com frequência, a fim de que o grupo seja ajustado, sempre que necessário, conforme a demanda. Dessa maneira, é possível extrair o que de melhor os profissionais podem oferecer, otimizar o tempo de produção do grupo, manter claros os objetivos do trabalho, buscar soluções rápidas para os problemas encontrados e estimular a equipe.

** 5)** Diálogo aberto e constante

A comunicação é indispensável para bons resultados, por isso, garanta que seja mantido aberto o canal de diálogo entre todos da equipe – tanto entre equipe e liderança quanto entre membros da própria equipe e membros, individualmente, e liderança. Uma das funções da boa comunicação é administrar conflitos. Em uma equipe, é comum que haja divergências de opinião e até mesmo desentendimentos entre as pessoas. O líder deve estar atento a esses casos para que isso não comprometa o trabalho. É necessário ouvir cada um e propor formas de entendimento entre o grupo.

Além disso, um canal de diálogo aberto proporciona o debate de ideias em relação ao trabalho desenvolvido. A equipe e a liderança precisam interagir, questionar, analisar, estimular a criatividade do grupo e o respeito à opinião dos outros profissionais. Nesse sentido, é possível transformar ideias em grandes projetos, contando com o aperfeiçoamento e a contribuição de cada um. A diversidade de vozes, quando bem conduzida, pode levar a lugares não pensados por uma pessoa sozinha – e esse é o grande diferencial de um trabalho feito em equipe.

6) Partilhe problemas para uma resolução em grupo

Do mesmo modo que as ideias da equipe devem ser compartilhadas e debatidas, também é importante que os problemas sejam levados às reuniões. As dificuldades encontradas ao longo do percurso devem ter um espaço especial na discussão, a fim de que todos possam superar juntos os desafios, sem perder de vista os objetivos comuns da empresa. Como equipe, é fundamental encontrar as melhores soluções em um exercício conjunto, uma vez que um problema com o trabalho não é de uma pessoa só, mas sim do grupo. Além de melhorar os resultados, isso fortalece o sentimento de equipe, na qual todos devem poder contar com todos.

E você, o que faz para incentivar o trabalho em equipe na sua empresa? Compartilhe suas dicas e experiências conosco!