Como posso crescer na empresa sendo um bom comunicador?

O mercado de trabalho é cada vez mais competitivo. Quem tem uma formação de qualidade e investe em conhecimento específico consegue entrar mais facilmente na disputa e até mesmo angariar diferenciais competitivos. No entanto, esse é só o começo! Além do currículo, o perfil do profissional tem sido muito valorizado pelas empresas e, em diversos casos, é o diferencial que pode fazê-lo deslanchar na carreira.

Saber se relacionar com os colegas de trabalho, se expressar na hora e do jeito adequados, ser proativo e criativo são algumas das qualidades mais buscadas pelas corporações. Essas e outras características que, em geral, apontam para uma boa habilidade comunicativa são os principais destaques do profissional que pretende ganhar mais espaço onde atua. Para ajudá-lo a crescer na empresa sendo um bom comunicador, confira algumas dicas:

Saiba ouvir, interpretar e falar no momento certo

Ser um bom comunicador, entretanto, não significa falar demais. A comunicação envolve troca de informação, de modo que é preciso saber a hora certa de falar e também de ouvir. Aliás, o bom comunicador é, antes de tudo, um bom ouvinte.

Saber escutar com interesse, atenção e disponibilidade para ajudar a solucionar possíveis problemas leva o profissional a conhecer melhor o contexto da empresa onde trabalha. É fundamental que ele compreenda a organização, seus projetos e metas, bem como as atribuições de cada trabalhador, suas demandas e dificuldades.

Entender o funcionamento geral de seu local de trabalho é uma forma de estar em contato com novas oportunidades de crescimento dentro da própria empresa. Além disso, o bom comunicador é capaz de aproveitar esse conhecimento para se colocar e expor suas ideias de maneira precisa e eficiente, para ajudar os colegas e agir pensando no desenvolvimento do todo. Essas são qualidades importantes para quem almeja cargos de maior confiança.

Um líder é sempre um grande comunicador

Quem se comunica bem consegue demonstrar suas habilidades e o conhecimento técnico adquirido. Essa capacidade de expor ideias com clareza e propor soluções inteligentes funciona também como marketing pessoal, levando o profissional a ser solicitado para representar a empresa em reuniões relevantes ou mesmo adquirir novas responsabilidades mais desafiadoras. Essa é uma etapa importante para promoções posteriores.

Para assumir um cargo de liderança, por exemplo, a boa comunicação é indispensável. A habilidade é necessária para motivar equipes, prospectar clientes e gerar lucros, além de ser peça-chave para administrar problemas internos.

Um líder deve, ainda, saber falar com pequenos e grandes grupos, adequando sua linguagem à ocasião, mas sempre tratando a todos com respeito.

Cuidados com a oratória

Dependendo das atribuições do cargo desejado, o profissional necessita desenvoltura para falar em público. Essa é uma habilidade que também pode ser adquirida com técnica e prática.

Um dos pontos de partida para se sair bem diante de grandes plateias é identificar seus pontos fortes de comunicação. Há diversas maneiras de se comunicar. Alguns são bons em contar histórias, outros em discursar, alguns em explicar algo tecnicamente ou mesmo ser claros através de exemplos. O importante é descobrir qual forma lhe traz mais facilidade de se expressar sobre um assunto e trabalhá-lo.

Além disso, o conjunto de gestos, postura e trajes também fazem parte do contexto e, por isso, merece atenção. Ao mesmo tempo, o profissional não deve se descuidar do bom português e é fundamental estar sempre bem informado.

“Quem não se comunica se trumbica”

Nem todas as funções exigem habilidades muito refinadas de comunicação, mas o que é possível pensar, qualquer que seja a sua posição em uma empresa, é em cultivar um bom relacionamento com os demais funcionários, do subordinado ao chefe.

A interação com as pessoas é uma ótima forma de trabalhar suas habilidades pessoais. Ter bom humor, ser carismático, prestativo, criativo e ter iniciativa são qualidades muito valorizadas e reconhecidas, inclusive, pelos próprios colegas de trabalho.

Isso nada tem a ver com bajulação – o que geralmente surte efeito contrário –, mas sim com se mostrar um profissional disponível, agradável e competente. Dessa forma, As chances de crescimento na empresa, com o aval de toda a equipe, são muito maiores. Preze sempre pelo diálogo e pelas boas atitudes cotidianas.

Por fim, considerando o mundo totalmente conectado em que vivemos, estenda não só a gentileza como também as habilidades comunicativas para os meios digitais afirmando, assim, sua personalidade em todos os canais de contato.

Comunicar-se com objetividade e clareza também através da rede conta muitos pontos para o profissional que quer se destacar, manter seu networking ativo e, assim, angariar novos e melhores postos de trabalho.