Confira 6 benefícios da padronização de processos nas empresas

A padronização de processos consiste na atividade de criar um método uniforme e padrão — como o nome já diz — que será adotado como instrução de trabalho, apontando a forma correta nas execuções das tarefas.

No artigo de hoje vamos apresentar quais benefícios ela proporciona para as empresas e seus resultados. Continue acompanhando e confira!

1. Mais qualidade

Um dos objetivos da padronização de processos é garantir que os produtos e serviços sejam entregues aos clientes da forma mais satisfatória possível, atendendo — ou mesmo superando — suas expectativas. Nesse sentido, as soluções buscadas visam eliminar falhas, corrigir problemas e implementar melhorias.

Além de aumentar, a padronização garante a consistência da qualidade nos produtos e serviços. Ou seja, tudo que for entregue ao cliente sofrerá poucas (ou nenhuma) diferenças, independentemente de quem realiza a atividade ou do momento em que a fabricação ocorreu, por exemplo.

2. Maior produtividade

Com a redução (ou eliminação) de gargalos, de etapas desnecessárias e de atividades que não agregam valor ao produto, por exemplo, os colaboradores conseguem produzir mais em menos tempo. Com isso, é possível alcançar índices maiores de produtividade, sem que seja necessário aumentar a equipe.

3. Facilidade para treinar novos colaboradores

Quando a padronização de processos é implementada, o método é formalizado através da instrução de trabalho que, como dissemos no início do texto, aponta a forma adequada de executar as tarefas. Isso faz com que, independentemente de qual colaborador for realizar a atividade, ela será feita sempre da mesma forma.

Isso facilita o treinamento de novos colaboradores, que, além de aprenderem o trabalho da forma correta, mesmo se forem treinados por mais de uma pessoa, aprenderão da mesma forma, aplicando o método ideal.

4. Otimização da utilização de recursos

Uma das consequências da padronização de processos é a implementação de melhorias nas atividades. Entre elas, está inclusa a redução de desperdícios e dos excessos que podem haver no processo produtivo.

Com isso, cada tarefa passa a contar, exatamente, com o número ideal de colaboradores, de ferramentas e equipamentos, de materiais e levando somente o tempo necessário para a sua execução.

5. Redução de custos

Com o aumento da produtividade, a redução de desperdícios, eliminação de etapas desnecessárias e um padrão de treinamento, pode-se dizer que a padronização de processos leva à redução de custos.

A vantagem é que, com isso, a empresa pode praticar preços mais atraentes e/ou aumentar sua lucratividade — fazendo com que o negócio se torne cada vez mais competitivo no mercado.

6. Maior controle

Quando os processos são padronizados, o controle e acompanhamento também são aprimorados. Como as atividades são executadas da mesma forma, é possível criar e analisar indicadores de desempenho mais assertivos, que não dependem de diversas variáveis e considerações. Isso também faz com que os funcionários possam ser avaliados individualmente, de forma justa, utilizando os mesmos critérios.

A padronização de processos é uma atividade importante para a empresa, não importando o porte e a quantidade de funcionários. Como vimos, ela garante uniformidade às atividades, além de contribuir com diversas melhorias, que influenciam, inclusive, na satisfação dos clientes e na imagem que o negócio possui no mercado.

O que achou desse artigo? Suas dúvidas a respeito da padronização de processos foram esclarecidas? Aproveite para compartilhar esse conteúdo nas redes sociais e faça com que mais pessoas conheçam os benefícios dessa prática!