Comunicação interna e gestão de pessoas: entenda a relação

É através da gestão de pessoas que a empresa mantém o seu relacionamento com os funcionários e busca tirar o maior proveito dos talentos nela empregados.

E não estamos falando apenas do setor ou departamento de Recursos Humanos, estamos falando de todos os líderes da empresa, que gerem pessoas o tempo todo, que visam resultados através de seus liderados e que têm a responsabilidade de manter essas pessoa

Uma gestão de pessoas eficaz passa por uma comunicação interna sólida, que trate o colaborador como parceiro e que aumente o sentimento de pertencimento da equipe.  Ela abre espaço para um diálogo mais claro e eficiente, possibilita a interação entre líderes e liderados, além de fomentar o feedback e o envolvimento das pessoas.

Transparência e continuidade são elementos essenciais para uma comunicação que motive o funcionário e o integre aos objetivos e metas da organização. No post de hoje você vai entender por que a relação entre comunicação interna e gestão de pessoas é tão importante. Confira!

O que é gestão de pessoas?

Antes de falar sobre a importância da comunicação interna para uma gestão de pessoas eficiente, é preciso entender esse conceito de forma mais clara.

Como o próprio nome indica, a gestão de pessoas é responsável por comandar e valorizar as pessoas que fazem parte da empresa. Ela visa assegurar que todos os colaboradores se desenvolvam e trabalhem em harmonia com os objetivos da organização.

Cabe a gestão de pessoas disseminar a cultura organizacional, implementar processos internos, promover o desenvolvimento e o aprimoramento profissional dos colaboradores, dar suporte para que as tarefas sejam executadas com excelência, cuidar dos benefícios, propor e elaborar mudanças, resolver conflitos, promover a integração, trabalhar para o recrutamento e retenção de talentos, avaliar o desempenho da equipe, organizar cargos e salários e muitas outras coisas.

Para o sucesso de uma empresa, é fundamental que ela se preocupe e invista no desenvolvimento intelectual e psicológico de seus colaboradores, forneça a eles oportunidade de desenvolvimento e capacitação, proporcione um ambiente de trabalho estimulante e com boas condições, e garanta que cada funcionário esteja sempre motivado e dê o seu melhor.

E alcançar todos esses objetivos só é possível através de uma gestão de pessoas de qualidade.

Comunicação contínua e transparente é essencial

A comunicação interna desempenha papel essencial em uma organização a partir do momento que entende-se que os colaboradores são o principal ativo de uma empresa.

São eles que produzem seus produtos os serviços, atuam em todos os processos, se relacionam com os clientes e representam a sua marca.

Ao investir em uma comunicação contínua e transparente com os profissionais, a companhia tem uma gestão de pessoas mais eficaz: o risco de projetos começarem sem a adesão dos membros da equipe é mínimo, todos os processos da empresa são devidamente comunicados para os funcionários e todos os colaboradores ficam por dentro de tudo o que acontece na companhia.

Além disso, cria-se uma identidade com os colaboradores, o que torna a organização mais próxima dos seus funcionários. Fidelização é a palavra de ordem!

Como é possível começar

O primeiro passo é estruturar uma área de comunicação interna, que será responsável pela comunicação com os profissionais que atuam na empresa. Isso inclui a criação de meios de comunicação para falar com os funcionários: jornal mural, revista, Intranet e eventos internos.

Nessa etapa, é muito importante elaborar um plano de comunicação para sua empresa. Com ele, é possível traçar um panorama da situação atual, compreender as necessidades, definir ações e acompanhar os resultados.

Essas estratégias são essenciais para mostrar aos profissionais que a companhia está aberta a ouvir deles as sugestões, ideias e soluções para processos. Estes meios de comunicação devem ser vistos como um canal para se relacionar com esse colaborador. O resultado será um funcionário mais alinhado com os objetivos da organização, já que estará ciente deles.

Via de mão dupla

Além de usar a comunicação interna para repassar aos funcionários sua visão, missão, valores e metas corporativas, é por meio desta ferramenta que a companhia pode identificar pontos de melhoria e, assim, reter talentos importantes.

Neste sentido, é essencial encarar a comunicação interna como uma via de mão dupla: a empresa a usa para falar com o colaborador, mas este também tem a oportunidade de usar a ferramenta para falar com a companhia.

É por meio da comunicação interna que o colaborador terá voz e poderá dar sugestões, mostrar seu ponto de vista em relação a determinado assunto e dar ideias sobre um produto ou processo.

Ela é fundamental para estimular o feedback, uma das práticas mais importantes para o sucesso da empresa. O feedback de um processo que busca transmitir a nossa percepção sobre o outro de forma construtiva, com o objetivo de desenvolver quem recebe esta percepção.

A importância da liderança

A atuação dos gestores se mostra cada vez mais importante para uma comunicação interna eficaz. Os líderes devem incentivar sua equipe a participar da comunicação da empresa, envolvendo estes colaboradores nas metas e objetivos corporativos.

É papel do gestor atuar em parceria com a comunicação certificando-se que todo o seu time esteja ciente do que acontece em todas as áreas da companhia e que todos estejam indo para mesma direção. O comprometimento com os resultados é geral.

Ter uma comunicação interna sólida e contínua é fator importante para uma gestão de pessoas eficiente. Ao conjugar estes dois fatores, a empresa se mostra como uma equipe alinhada, que estará caminhando em busca de objetivos em comum, já que todos sabem exatamente para onde estão indo.

Você já relaciona comunicação interna e gestão de pessoas na sua empresa? Como tem sido a sua experiência? Compartilhe com a gente através dos comentários.

Por Talita Maria