Comunicação Integrada: entenda os benefícios para sua empresa

Você consegue imaginar que a comunicação de uma empresa seja eficiente quando as ações institucionais, mercadológicas e organizacionais não falam a mesma língua?

Seria no mínimo contraditório, não é mesmo? Até porque campanhas com propósitos diferentes geram diversas impressões entre os públicos impactados. Pode acontecer dos funcionários não se sentirem tão engajados em desenvolver seu trabalho como os clientes em comprar uma oferta da marca. Logo, a solução mais indicada para essa fragmentação é a comunicação integrada.

Ainda não ficou muito claro? Então, não se preocupe, pois nas próximas linhas você entenderá como funciona a comunicação integrada, suas finalidades e os benefícios dela para sua empresa. Confira:

Qual o conceito de comunicação integrada?

A comunicação integrada é um conjunto de métodos e estratégias que visa transmitir uma única imagem da empresa para o público interno e externo. Ela é a estruturação da comunicação juntando três segmentos: institucional, interna e mercadológica.

  • Comunicação institucional: que influencia as pessoas, interna e externamente, com relação a cultura organizacional. Ela espalha os símbolos, as marcas, os valores e as filosofias da empresa em lugares estratégicos.
  • Comunicação interna: que faz as informações e o conhecimento dentro da empresa de forma vertical, ou seja, da direção para os níveis subordinados e vice-versa, e horizontal, entre os colaboradores de mesmo nível de subordinação.
  • Comunicação mercadológica: que envolve reforçar a divulgação de serviços e produtos, por meio do marketing, do marketing digital, da publicidade, da assessoria de Imprensa e outras áreas.

Esse conceito interdisciplinar, parte do princípio de que se deve trabalhar integradamente todas às 4 áreas da empresa que lidam com os públicos, como: jornalismo, relações públicas, publicidade e marketing, para alcançar resultados positivos nas ações comunicativas.

Essa atividade pode ser entendida como um trabalho unificado e sinérgico dos profissionais dessas áreas, para planejar, produzir e veicular mensagens uniformes e alinhadas aos valores organizacionais. Visando sobretudo, os públicos a serem atingidos.

Vale destacar, que a aplicação do comunicação integrada nas empresas parte da necessidade de vender uma imagem atrativa da marca não só para os consumidores, mas da mesma forma para os colaboradores. No âmbito interno, a importância da comunicação integrada está em unificar setores com atuações distintas, aproximando seus conteúdos e informações.

Quais são os objetivos?

O principal objetivo é consolidar e agregar valor à marca. É fazer com que quem se relacione com a empresa tenha uma mesma impressão ou vivencie aquilo que é comunicado.

Por exemplo, se uma marca se promove como inovadora tecnologicamente para os consumidores, é preciso que internamente aquilo seja repassado na prática. Os funcionários não podem usar equipamentos antigos, sistemas defasados e processos manuais para executar seu trabalho. Logo, o público interno, nesse caso, teria uma impressão completamente diferente do público externo.

Com a comunicação integrada, a empresa evita que as pessoas impactadas tenham visões controversas sobre a marca. Para isso, tanto a comunicação interna quanto a externa usam como base os mesmos princípios e objetivos definidos em um planejamento conjunto de comunicação.

Como garantir qualidade a comunicação integrada

Como em toda estratégia, para garantir bons resultados através da comunicação integrada, é fundamental elaborar um bom planejamento. Nele, é preciso traçar as metas, desde o futuro da empresa, a comercialização de produtos e serviços para diferentes públicos até aos resultados esperados. Também é necessário definir o público-alvo, as ações que serão realizadas e o orçamento.

Podemos resumir esse planejamento em 8 pontos:

  • Identificar o público ou audiência-alvo;
  • Determinar os objetivos da comunicação;
  • Desenvolver a mensagem;
  • Selecionar os canais;
  • Definir o orçamento;
  • Decidir sobre o composto comunicacional;
  • Mensurar resultados;
  • Administrar o processo de comunicação.

Para alcançar as metas, é preciso explorar da melhor forma possível todas as ferramentas de comunicação disponíveis e saber aproveitar a experiência dos profissionais de cada área.

Quais as principais vantagens?

Quando a comunicação integrada é bem aplicada em uma empresa, ela traz uma série de benefícios, entre eles:

Garante mais eficiência

Como a troca de informações internas passa a ser mais fluída, é natural que a produtividade de suas equipes aumente com o tempo. Os relacionamentos entre os profissionais na empresa tendem a ser mais sólidos, já que há mais diálogo e colaboração em torno de um mesmo objetivo. Isso ajuda a reduzir, por exemplo, a propagação de informações desencontradas.

Unifica diferentes setores

O que a integração prega é exatamente isso: em vez de separar os departamentos de marketing, jornalismo, relações públicas e comunicação interna, junta-se tudo em um único departamento de comunicação. Assim, toda a estrutura de uma campanha passa a ser alinhada, desde o planejamento até a execução das estratégias. Os fatores que serão diferenciados são o público-alvo e possivelmente as ferramentas usadas.

Estabelece um ambiente mais colaborativo

A implantação dos conceitos de comunicação integrada não gera apenas a aproximação entre profissionais, como também mais engajamento e participação deles. As informações, ideias e processos são mais compartilhados e isso torna o ambiente de trabalho mais leve.

Quando dentro da organização o trabalho começa a fluir melhor, os consumidores são indiretamente impactados. O primeiro passo é integrar os departamentos, pois são eles os responsáveis por transmitir e aplicar os valores da marca desde o desenvolvimento de um produto. O resultado esperado é a disseminação de um posicionamento facilmente identificado por todos os públicos interessados e envolvidos com a sua empresa.

Sem dúvidas, a comunicação integrada é uma solução para dar mais unidade aos diálogos internos e externos da sua empresa. Ela já faz parte da realidade da sua empresa? Você tem alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe com a gente através dos comentários.

E se você gostou deste artigo, assine nosso blog, receba mais conteúdos sobre comunicação corporativa e confira nossas novidades em seu e-mail!