Como fazer uma avaliação de desempenho na sua equipe?

Toda empresa de sucesso precisa contar com sistemas de avaliação de desempenho de seus funcionários, não apenas para acompanhar os níveis de produtividade de cada um, mas também para melhorar práticas e corrigir eventuais inadequações em termos de recursos humanos. Mas como fazer uma avaliação de desempenho em sua equipe? Quais técnicas usar? Quais critérios são mais importantes? Confira as respostas para essas e outras perguntas a seguir:

Critérios a se considerar

Primeiramente, é importante levar em consideração aspectos objetivos (mensuráveis) para avaliar seus funcionários. Claro que alguns pontos subjetivos também podem ser avaliados, como o entrosamento do funcionário na equipe, a participação em atividades de grupo, a colaboração no cotidiano, etc. Mas esse não deve ser o foco das avaliações. Procure critérios objetivos, como volume de vendas, horas trabalhadas, conclusões de projetos, entre outros. Ao avaliar critérios como esses, o desempenho dos funcionários pode ser analisado de forma mais isonômica e efetiva.

Ferramentas que podem ajudar

Várias ferramentas podem ser usadas com a finalidade de avaliar seus funcionários. Arquivos pessoais podem ser completados por meio do preenchimento de relatórios avaliativos. Algumas empresas preferem utilizar a tecnologia a seu favor e criar sistemas online de avaliação de funcionários (por meio de formulários eletrônicos, registro de atividades e da produtividade, etc.). Se isso te interessa, confira o site do Survey Monkey, que tem vários modelos de avaliações online. Além disso, entrevistas frequentes com seus funcionários podem embasar relatórios de desempenho da equipe, de acordo com sua percepção de cada profissional.

Avaliação real

Como falamos anteriormente, é importante que os critérios de avaliação sejam os mais objetivos possíveis. Dê preferência a parâmetros mensuráveis, tanto por meio de sistemas automatizados de gestão (controle de vendas, de atividades concluídas, etc.), quanto por meio de relatórios e de avaliações quantificáveis em porcentagens e critérios concretos. Evite avaliações de equipe por meio de perguntas abertas e subjetivas, do tipo “você considera satisfatório o desempenho do funcionário?”.

O melhor formato para a avaliação de desempenho

Alguns líderes de equipe preferem conduzir avaliações de desempenho por meio de relatórios escritos a próprio punho durante o período avaliativo, bem como entrevistas pessoais. No entanto, esses formatos tomam bastante tempo e dão trabalho desnecessário a esses profissionais. Que tal focar no preenchimento online de formulários avaliativos, distribuídos entre os líderes de equipe e demais superiores da empresa?

Além disso, é possível incluir nessa equação dados do próprio sistema de gestão de seus funcionários, como horas trabalhadas, produtividade e comissões recebidas.

Periodicidade das avaliações

Isso depende da sazonalidade das atividades em sua empresa, do tamanho dela e dos recursos à disposição do setor de RH. Normalmente, essas avaliações são feitas anualmente, em períodos previamente determinados para assim contemplar uma amostra maior de atividades e funcionários.

Feedbacks para a equipe

Ao final das avaliações, por que não dar um feedback a seus funcionários? Eles devem estar cientes dos resultados, até para que tenham a oportunidade de melhorar sua produtividade e corrigir eventuais falhas na prestação de serviços para sua empresa.

Que tal essas dicas? Você acha que será possível implementar algumas delas na próxima avaliação de desempenho de sua equipe? Se ainda tiver dúvidas ou sugestões sobre esse tema, deixe aqui seu comentário!