/ Gestão

Clima organizacional: o que é e qual a sua importância nas empresas

O clima organizacional de uma empresa pode afetar diretamente o seu desempenho e sucesso. Você já se deu conta disso?

Por muito tempo, o setor de Recursos Humanos, em diversas empresas, era simplesmente colocado de lado e tinha sua importância diminuída diante de outros setores.

Era comum muitas lideranças, e também os próprios funcionários, terem um pensamento focado em metas e resultados em detrimento do foco nas pessoas.

Contudo, com o passar do tempo, as empresas começaram a agir de forma mais consciente de modo a se preocupar não apenas com resultados, mas também com o clima interno.

Nesse sentido, o setor de Recursos Humanos, ou Gestão de Pessoas, como também costuma a ser chamado, começou a ter maior destaque dentro das empresas.

Consequentemente, questões relativas à desenvolvimento pessoal e também ao clima da empresa começaram a ser levadas mais a sério.

O clima organizacional é algo que existe em toda empresa, e saber de sua importância para a organização é fundamental para que a mesma alcance os seus maiores objetivos.

Se você ainda não se atentou à importância de um bom clima organizacional , não se preocupe. Hoje iremos falar a fundo desse conceito disseminado no mundo empresarial.

Confere um pouquinho do que você vai aprender com a leitura desse nosso artigo:

  • O que é clima organizacional?;
  • A importância do clima organizacional;
  • Como mensurar o clima de uma empresa?;
  • Indicadores do clima;
  • Cases de sucesso no assunto.

Vamos lá?

O que é clima organizacional?

Clima organizacional é um conceito definido pela percepção que os colaboradores têm a respeito do local no qual atuam.

Esse é um dos conceitos mais simples a respeito de clima organizacional , visto que alguns outros fazem uma análise mais profunda do assunto.

De acordo com Idalberto Chiavenato, referência em Gestão de Pessoas, o clima pode ser definido da seguinte forma:

"Conjunto de propriedades mensuráveis do ambiente de trabalho percebido, direta ou indiretamente, pelos indivíduos que vivem e trabalham neste ambiente e que influencia a motivação e o comportamento dessas pessoas".

O clima organizacional pode ser visto, ainda, como os sentimentos que os indivíduos possuem e a maneira como interagem entre si.

Não somente entre si, mas também com os clientes. O clima organizacional é algo tão intrínseco à empresa que se reflete nos momentos de interação dela com os seus stakeholders.

Nesse sentido mais subjetivo, Ricardo Silveira Luz, autor do livro Gestão do Clima Organizacional, de 1995, define clima como:

"É o reflexo do estado de ânimo ou do grau de satisfação dos funcionários de uma empresa. É a atmosfera psicológica que envolve, num dado momento, a relação entre a empresa e seus funcionários".

Os sentimentos que os colaboradores manifestam em relação à organização podem estar relacionados à satisfação ou insatisfação que eles possuem.

E, por isso, o clima de uma organização tem influência direta na produtividade e resultados que a empresa alcança.

O clima organizacional tem, portanto, um viés subjetivo sendo algo que é percebido pelos colaboradores da empresa.

Podemos afirmar que ele é um conceito relativamente complexo, justamente por lidar com questões que não são de ordem objetiva.

Outra perspectiva a respeito de clima organizacional o define como a similaridade entre a expectativa da organização e de seus empregados.

Ou seja, mais uma vez podemos ver como o clima de uma empresa é parte importante da subjetividade desse ambiente.

A importância do clima organizacional

O clima organizacional de uma empresa é de extrema importância para o seu sucesso. Isso nós já comentamos. Mas por quê?

Qualquer organização existe pelas pessoas que nela trabalham. Sem seus colaboradores, a empresa simplesmente não existiria.

Esse é o primeiro aspecto que faz o clima organizacional ser tão importante dentro de uma organização.

Ao entender o clima organizacional você entende o funcionário. E isso é importante porque é ele quem vai estar no dia a dia da empresa executando as tarefas necessárias à sua sobrevivência e sucesso.

Como vimos no tópico anterior, o clima é definido pela percepção e sentimentos dos funcionários. Esses elementos do clima não podem ser negligenciados.

Pelo contrário, devem antes, ser analisados e estudados para que, caso exista algo indesejado, seja possível buscar maneiras de mudar tal situação.

Bom, como ressaltado por Chiavenato, vide citação mais acima, o clima influencia direta ou indiretamente na motivação e no comportamento das pessoas.

Isso significa que se o clima não está bom, o desempenho das pessoas também não.

E por desempenho, podemos falar do operacional, relacionado às atividades que devem ser feitas, e também do comportamental.

O comportamental se refere às atitudes e reações apresentadas por cada um que atua dentro da empresa.

Diante disso, ter um bom clima organizacional é importante porque ele vai influenciar positivamente na produtividade e também no relacionamento entre os colaboradores e na forma de agir das pessoas.

Ainda, o clima organizacional se faz importante porque ele influencia na relação da empresa com os seus clientes e outros stakeholders.

Se as coisas não vão bem dentro da própria empresa, dificilmente os funcionários terão disposição e motivação para realizar um atendimento de excelência.

Como consequência de um atendimento sem qualidade, tem-se a insatisfação do cliente e resultados ruins.

Por último, outro exemplo de influência direta do clima organizacional tem relação com a comunicação interna da empresa.

Se existe algum tipo de atrito entre as pessoas, ou se por qualquer outro motivo o clima da empresa não está bom, a comunicação interna com certeza será prejudicada.

Falhas na comunicação acontecem por diversos motivos e acabam gerando resultados negativos para a empresa.

Nesse sentido, a comunicação interna precisa ser eficaz para que o fluxo de informações seja o melhor. Mas sabemos que sem um bom clima organizacional isso é impossível.

Para auxiliar o clima da empresa, é importante contar com as ferramentas certas. Uma dessas ferramentas relacionadas à comunicação é o sistema de comunicação integrada.

Para você saber mais sobre como esse tipo de sistema pode melhorar o clima da sua empresa, não deixe de ler nosso artigo sobre o assunto:

Sistema integrado de comunicação: como escolher o melhor.

Mas como posso mensurar o clima de uma empresa?

Nós estamos falando muito sobre o conceito e a importância de ter um bom clima organizacional dentro da sua empresa, mas como mensurar esse clima?

Já verificamos que um dos fatores principais para definir o clima organizacional é a percepção, bem como os sentimentos, dos colaboradores em relação à empresa.

Portanto, se desejamos entender e mensurar o clima de uma empresa, é necessário entender o que tem sido percebido como ruim. Para alcançar tal objetivo é feita a Pesquisa de Clima Organizacional.

De nada adiantaria entendermos o conceito de clima organizacional se não buscássemos formas de mensurá-lo.

Diante disso, a pesquisa de clima organizacional surge como ferramenta para auxiliar no entendimento profundo de como está o clima de uma empresa.

Como já afirmamos anteriormente, o clima organizacional tem um caráter subjetivo e é determinado pela relação entre os funcionários e a empresa.

Por esse motivo, o clima é um aspecto da organização que sofre mudanças, podendo ser alterado de tempos em tempos.

A pesquisa de clima é um dos instrumentos que vão guiar quais mudanças precisam ser feitas para que o clima seja ajustado conforme o que é desejado.

Através da pesquisa de clima organizacional é possível obter dados que vão demonstrar de forma mais concreta qual tem sido a percepção e sentimentos dos funcionários.

Tal pesquisa é constituída por um questionário que deve buscar analisar questões relativas à motivação e relacionamentos interpessoais.

As perguntas devem ser respondidas com sinceridade pelos funcionários e para que eles se sintam à vontade, normalmente, a pesquisa não possui o intuito de identificar nenhum colaborador, sendo, portanto, anônima.

Assim, o colaborador sente mais confiança em expressar seus pensamentos e emoções sem se preocupar em ser prejudicado depois.

Por meio da pesquisa de clima organizacional é possível implementar indicadores dentro da empresa.

Indicadores do clima organizacional

Os indicadores podem ser grandes aliados de um gestor para que se tenha um maior entendimento do clima organizacional de uma empresa.

Vamos te mostrar alguns desses indicadores que podem ser avaliados por meio de perguntas na pesquisa de clima organizacional.

1. Comunicação interna

A relação entre comunicação interna e clima já foi destacada no nosso texto de hoje. A comunicação influencia o clima da mesma forma que o clima influencia a comunicação.

Logo, esse é um indicador que deve ser analisado. Para realizar tal mensuração, é possível buscar determinar o nível de satisfação dos colaboradores com a comunicação interna.

Como a comunicação é feita, com qual frequência é realizada e também através de quais meios a comunicação interna se dá.

2. Absenteísmo

Esse indicador objetiva mostrar o percentual e também o motivo que faz com que um trabalhador se ausente da empresa ou chegue muito atrasado.

Um exemplo comum de absenteísmo está relacionado a problemas de saúde. O que, em um primeiro momento, parece não ter nada a ver com o ambiente de trabalho.

Mas o que pode acontecer é justamente o contrário: o colaborador tem se sentido tão desconfortável em seu ambiente de trabalho que demonstra em aspectos físicos o clima organizacional ruim.

3. Índice de rotatividade (turnover)

O turnover é um indicador bem conhecido que demonstra quantas pessoas têm entrado e saído da empresa em um determinado período de tempo.

Entender o que faz as pessoas saírem da empresa é fundamental para entender o clima organizacional.

Essa métrica pode apontar uma falta de atratividade entre o funcionário e a cultura organizacional da empresa e até mesmo alguma falha no processo de recrutamento e seleção.

Entrevistas de desligamento são uma boa dica para entender os reais motivos de uma demissão e, assim, trabalhar para evitar que isso se repita desnecessariamente.

4. Produtividade

Todos nós sabemos que pessoas mais satisfeitas trabalham mais e com mais qualidade.

Portanto, investigar a produtividade dos colaboradores da empresa é um bom caminho para avaliar o clima organizacional.

5. Reclamações trabalhistas

Esse é um indicador muito importante. Isso porque, além de gerar maiores problemas, altos índices de reclamações trabalhistas indicam uma gestão falha.

Essa falha pode residir no tratamento que os colaboradores recebem ou ainda no não cumprimento de legislações básicas.

Acompanhar esse indicador é necessário para garantir um bom clima organizacional e manter a empresa em conformidade com as leis trabalhistas.

6. Qualidade dos feedbacks

Os feedbackssão de extrema importância para evitar que os colaboradores se sintam inseguros diante da execução de tarefas cotidianas.

Por isso, não deixe de realizar feedbacks claros e diretos que com certeza auxiliarão o colaborador em suas atividades, além de alinhar as expectativas entre funcionário e empresa.

São muitos os indicadores que podemos utilizar a partir de uma análise do clima organizacional para fazê-lo ainda melhor.

Aplicando uma pesquisa de clima, dando devida importância ao tema e implementando e acompanhando métricas, com certeza a sua empresa estará mais perto de alcançar seus objetivos.

Case de sucesso em clima organizacional

Sabemos que ter um bom clima organizacional não é, necessariamente, algo fácil. Mas ainda assim, temos exemplos de empresas que dão um show no assunto!

Uma delas é o Google. A cultura corporativa do Google é conhecida mundialmente pela inovação que emprega no seu cotidiano.

Contudo, ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, essa cultura não é por acaso, não é simplesmente divertida, mas sim algo muito bem pensado e estruturado.

Alguns elementos trazidos no livro Como o Google Funciona são destaque para um bom clima organizacional.

Um desses elementos é o sentimento de dono que é instigado nos funcionários. Onde todos são levados a pensar no melhor para empresa.

Outro aspecto é a distribuição das pessoas no escritório, que é feita de forma não convencional que promove uma certa bagunça criativa, sendo a criatividade é um ponto essencial da cultura e do clima organizacional do Google.

Pode parecer até uma coisa boba, mas ter um conjunto de ações voltadas para o bem-estar do funcionário garante um bom clima organizacional e resultados incríveis.

Essas ações são denominadas endomarketing e têm sido amplamente usadas por empresas que desejam valorizar seus colaboradores.

O endomarketing, quando bem empregado, é um trunfo para o clima organizacional de qualquer empresa. Para saber mais sobre o assunto é só conferir o nosso artigo: Entenda ainda hoje o que é endomarketing e por que utilizá-lo.

Fernanda Fonseca

Fernanda Fonseca

Como Relações Públicas e CMO da Mais.im, meu desafio diário é entender como a comunicação pode ajudar (ou não) as empresas, mais especificamente os processos de Customer Success.

Leia Mais